Skip to main content

«A Vós o entrego…»

Esta matéria, transcrita na íntegra, não traduz necessariamente, o espírito da campanha. Por intender relevante seu conteúdo e em respeito a seriedade da fonte, a publica e recomenda sua leitura.

Um missionário velhinho do norte do Canadá era, em pequeno, muito travesso. Em lugar de se dirigir para a escola, ia para os quintais dos vizinhos roubar maçãs. Seu pai, que era policial, encontrou-o certa vez a cometer tão feia ação.
“Quando me avistou ao longe – conta ele – gritou com voz forte e terrível: – Alto!
Os meus companheiros desabalaram a correr, desaparecendo como por encanto. Eu fiquei só, como pregado na terra, sem poder dar um passo.
O meu pai se aproximou de mim, não me ralhou, nem me bateu. A única coisa que fez foi pegar-me por um braço, e voltar comigo para a aldeia sem dizer uma única palavra.
Antes de entrar em casa, levou-me à Igreja e foi direto comigo ao altar de Nossa Senhora, onde se ajoelhou. Eu, quase sem dar conta do que fazia, ajoelhei-me também a seu lado.
Então o meu pai, com grande devoção e de olhos voltados para a Virgem Santíssima, falou assim:
– Ai, minha Mãe, Virgem Santa! Vós bem sabeis o que faço para educar este filho… mas agora não sei mais que fazer… A Vós o entrego.
O meu pai tinha a Fé do Centurião, e a sua oração me salvou. Aquela “minha Mãe, Virgem Santa”, parece que desde então me tomou pela mão. E o que tinha sido “um demônio de rapaz” começou a mudar tão radicalmente, que agora sou um missionário de 70 anos, nestas regiões onde se encontram também muitos filhos de Deus»
Sentem os pais dificuldade na educação dos filhos? Os professores na de seus alunos? As catequistas na das crianças? Consagrem-nas à Virgem Santíssima.
Quando São João Bosco entrou para o seminário, disse-lhe sua mãe: «Quando nasceste, consagrei-te a Nossa Senhora; quando começaste os estudos, recomendei-te, mais que qualquer outra coisa, a devoção à Santíssima Virgem; pois agora também recomendo-te, que sejas todo dEla».
Com tão boa proteção aquele menino veio a ser dos grandes santos da Igreja.
«A consagração a Nossa Senhora é uma entrega total de si mesmo para a vida e para a eternidade» (Pio XII).

Fonte: Secretariado Nacional do Apostolado da Oração – Cruzada Eucarística – Portugal

A campanha acrescenta: “Feliz o povo que tem fé”. “É feliz quem educa seu filho com sabedoria Divina”.

Sobre o Autor



Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Entendemos que a forma mais civilizada e simpática de combater a violência é promovendo a paz. Construir a paz é urgente e necessário. É missão de todos.
Acompanhe