--> Homenagem: Novo cidadão apela ao combate à violência | Campanha Contra a Violência Skip to main content
Homenagem: Novo cidadão apela ao combate à violência

Homenagem: Novo cidadão apela ao combate à violência

A Câmara Municipal de Montes Claros realizou a primeira reunião especial deste ano, no Plenário da nova sede, na noite dessa quinta-feira, presidida pelo vereador Cláudio Prates, do PTB, em que homenageou o servidor aposentado da Receita Federal, Joaquim Cândido da Silva. Idealizador de campanha contra a violência, que chegou a países da Europa, ele recebeu título de Cidadão Benemérito, pelos destacados serviços prestados a Montes Claros. Emocionado, o mais novo cidadão, agora de fato e de direito, voltou a fazer um apelo pela paz no País. Embora reconheça as dificuldades, o servidor não perde a esperança de se reverter a situação.

Autor do projeto que originou a homenagem, aprovado por unanimidade, ano passado, o vereador Edmilson Magalhães, do PP, exaltou os valores éticos e morais de Joaquim Cândido, como também seu trabalho social, desenvolvido há anos, voltado para os idosos, como presidente do Asilo São Vicente de Paulo. Além disso, sustenta, destacou a preocupação dele com o combate à violência. Com este objetivo, lançou campanha na cidade, com o apoio de diferentes setores, que ganhou projeção nacional e até mundial, ao chegar a diferentes países. Disse que a homenagem é o reconhecimento da sociedade a estas ações exitosas postas em prática com o passar do tempo.

Presidente da Pastoral Carcerária, Dílson Antônio Marques, falou em nome dos amigos do homenageado e, a exemplo do vereador, exaltou seu trabalho desenvolvido com ética, seriedade e transparência, direcionado a Montes Claros. Emocionada, a esposa de Joaquim Cândido, Edna Lúcia de Lima e Silva, agradeceu a Câmara pela honraria, ao frisar que seu marido é merecedor, pelas ações proativas em diferentes setores, que realiza em prol do município. Disse que o título é dividido com os colaboradores, sem os quais não atingiria objetivos específicos.

Sem esconder a emoção, Joaquim Cândido agradeceu a Deus e aos vereadores pela homenagem, de forma especial a Edmilson Magalhães. Em discurso que durou em torno de vinte minutos, ele destacou o tempo todo, a preocupação com o combate à violência, para que se possa estabelecer a paz entre os povos. Ao final, pediu a todos para somarem esforços em torno da causa, que considera das mais nobres.

Fonte: JN Notícias



Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Entendemos que a forma mais civilizada e simpática de combater a violência é promovendo a paz. Construir a paz é urgente e necessário. É missão de todos.
Acompanhe