--> O Absurdo | Campanha Contra a Violência Skip to main content

O Absurdo

Por Márcio Rocha

Sou totalmente contra a violência e contra crimes e contra marginais que assolam nossa sociedade independente da idade, devem ser punidos com rigor, a violência cresce absurdamente apesar do governo não enxergar isto e fazer falsas propagandas que os jardins do Éden estão chegando e das campanhas do governo que de nada servem, pois atacam o lado errado, o Governo Lula cortou mais ainda as verbas deste ano destinado à segurança pública, investiu menos este ano do que em relação ao ano passado e muito menos em relação ao governo FHC, a violência no campo e as inúmeras invasões do MST prejudicam o agro negócio e até os pequenos produtores rurais estes sim entendem de agricultura e não um bando de psicopatas armados ilegalmente com armas, foices entre outras coisas e o governo é totalmente conivente com isto e o povo continuará sofrendo cada vez mais e demagogia impera neste governo, como deste jeito teremos Paz? Nunca!

Devemos saber separar o joio do trigo, o certo do errado, ou seja, o cidadão de bem do marginal, pois não é a mesma coisa como o governo quer embutir na cabeça do povo. O Exemplo disto é que marginais não compram armamento em lojas, primeiro vejamos uma pistola calibre 380 custa R$ 1.700,00, o mesmo terá que apresentar uma série de documentos e tem que estar com a ficha limpa, documentos como RG, CPF, Título de Eleitor, Certificado de Reservista, Comprovante de Residência e Comprovante de Atividade (algo que comprove que o mesmo está trabalhando), se tudo isto estiver em dia, terá que fazer um curso de tiro, ser entrevistado por um psicólogo da Polícia e pagar R$ 600,00 para obter o Registro, custo total R$ 2.300,00, se o mesmo tiver dinheiro para tudo isto e não estiver respondendo algum processo, ele poderá comprar esta arma.

Agora vejamos o marginal irá se identificar? Irá dizer aonde mora? Não estará ele respondendo algum processo? Não sei da onde imagina que um marginal se sujeitaria a tudo isto para exercer a sua “profissão”. Outra consideração armamentos pesados, algo comum nas mãos de marginais, não estão à venda no Brasil, pois são proibidos e nem são fabricados no Brasil como o famoso Fuzil Russo Kalishnikov AK-47 e o Fuzil Americano Colt AR-15, pistolas importadas de calibres proibidos como calibre 9 mm, 40 e 45, este armamento pesado vem das Fronteiras como Paraguai, Venezuela, Colômbia e etc. Fora os inúmeros armamentos como Granadas, Fuzis, Metralhadoras, Lança Foguetes que são roubados ou desviados das Forças Armadas ou da própria Polícia. O que o cidadão e as fábricas Brasileiras têm que haver com isto?

Quem pratica crimes bárbaros, estupros, roubos à bancos, seqüestro (agora até de crianças) é o cidadão de bem?, Honesto e trabalhador é um absurdo pensar que sim, estes crimes são praticados por marginais e não por cidadãos e estes marginais são financiados pelo mercado milionário das drogas, estes armamentos pesados não estão nas mãos dos cidadãos e nem estão à venda nas lojas.

Você conhece algum cidadão de bem, honesto e trabalhador, com residência fixa, com uma arma registrada e com autorização de porte, sair por aí matando pessoas, fazendo seqüestros, assaltando bancos, estuprando, extorquindo, roubando e etc.?

Porque o Governo não desarma os marginais?, Porque o Governo não faz leis severas sem dó nem piedade para os mesmos ao invés de conceder regalias como hábeas corpus, indulto de Natal, Páscoa, visitas íntimas entre outros absurdos, porque o Governo não fecha e fiscaliza as Fronteiras? Porque o Governo não combate de uma vez por todas a corrupção policial e militar? Porque o Governo não extermina o tráfico de drogas? Porque o Governo não investe em segurança pública pagando melhores salários para os policiais, aumentando seu contingente, equipando e treinando melhor os policiais? Porque o Governo não constroe mais presídios? Porque o Governo não acaba e pune o MST (seus companheiros de anos), verdadeiros guerrilheiros ensandecidos de ódio, raiva, rancor e inveja da prosperidade dos outros, com sua ideologia comunista, que carrega a desgraça e a morte para o campo, muitas vezes invadem propriedades de pessoas que nasceram e trabalham anos no campo, invadem, depredam, matam animais e pessoas e saem ilesos e eles é que são as vítimas e que são chamados de trabalhadores rurais ao invés de loucos psicopatas, criminosos, o mesmo recebe dinheiro do Governo e terras para quê?

Para este dinheiro ir parar no bolso dos líderes e os invasores são meros laranjas para massa de manobra? Porque o Governo não identifica e investiga a ação das FARC no Brasil, sendo que em uma entrevista do porta voz das FARC disse que eles estão infiltrados em partidos políticos, no clero, em movimentos estudantis, no MST e em tribos indígenas, aliciando, ensinando táticas de guerrilha, pregando sua ideologia política, treinando uma enorme massa fundamentalista de manobra, o Governo paga os professores do MST (a maioria sem magistério) para quê? Para pregar desde cedo nas crianças, o ódio, a raiva e seu fundamentalismo? Porque o Governo não muda o Estatuto da Criança e do Adolescente, que só serve para incentivar os adultos criminosos a alistar crianças e adolescentes para serem seus servos e soldados, pois sabem que nada acontecerá à eles, uma criancinha indefesa de 17 anos? Com peso e altura de um adulto, que mata, rouba, estupra, faz a sociedade penar nas mãos destes indefesos, merece tratamento privilegiado? Não se pode nem chamar de criminoso e sim de menor infrator. Porque o Governo não toma nenhuma atitude inteligente? Ao invés disto prefere a gastança de dinheiro público para comprar Avião, Motos Harley Davidson, Lençóis e Roupões de Algodão Egípcios, aumentando os gastos do Palácio de 75 milhões mês (época do FHC) para exorbitantes 350 milhões mês, cartões de Crédito VISA com limite de crédito de 1 milhão de Reais, fazer leis injustas, ineficazes, populistas, ilusórias tidas como politicamente corretas que prejudicam somente o cidadão honesto, os marginais agradecem! Para o cidadão de bem o que resta?

Resta-nos nos conformarmos e trabalhar mais de quatro meses por ano para pagar impostos, ganharmos miseravelmente pouco (enquanto os políticos ganham fortunas). Pagar juros absurdos,  gasolina que não pára de subir (lembrando que + de 50% dela é imposto), morrer em uma fila do SUS, se humilhar nas filas do INSS para conseguir uma miséria menor ainda de aposentadoria, leis inconstitucionais que nos punem cada vez mais e nos tiram mais e mais direitos. Ao Sairmos de casa não podemos esquecer de levar a “doação / contribuição” para o marginal e torcer para voltar para casa vivo, rezar e pedir a Deus que tenha piedade de nós! Ainda temos que aturar os mais absurdos, demagógicos, ilusórios e populistas discursos. O Governo resolve atacar o cidadão e as indústrias nacionais de armas, em troca do que? Gerar mais desempregos, tirar do cidadão a possibilidade de defesa própria e de seus familiares e da legítima defesa (direito assegurado em nossa Constituição) sempre desrespeitada. Se o Governo não consegue nem dar proteção a alguns poucos milhares de pobres policiais, conseguirão dar proteção para 175 milhões de habitantes? Irão contratar um policial para cada família Brasileira?

O Estado é completamente conivente com a violência e com a criminalidade causada pelos marginais e absolutas e completa incompetência em segurança pública. Os traficantes conseguem dar mais proteção ao seu território do que a policial para o cidadão.

Quando o Governo diz que estamos numa fase de crescimento, é pura verdade!
Crescimento dos gastos do governo para satisfazer seus interesses, Crescimento do emprego e de trabalho para os companheiros, crescimento do enriquecimento do partido, crescimento do Abuso do Poder, crescimento de leis inconstitucionais, crescimento da violência no campo e na cidade, crescimento dos crimes ousados e bárbaros, belo crescimento!!!!!!

Há inúmeras estáticas da própria Polícia que não confere com o que o Governo Federal divulga, dizem que a violência diminuiu após o estatuto, mas a verdade segundo a própria polícia é o inverso, a violência subiu drasticamente e os marginais estão cada vez mais abusados e ousados e querem que isto vire uma revolução da violência como lamentavelmente acontece no Rio de Janeiro, que com estatuto ou sem estatuto do desarmamento a violência está batendo recordes, quer que o Brasil inteiro seja dominado por traficantes. O próximo presidente da república será quem? O Fernandinho Beira Mar? E o ministro da justiça o Stedille?

Inúmeras ONGs como Viva Rio e Instituto sou da Paz, recebem do governo fortunas, quando alguém fala em legitima defesa ou anti-constitucionalidade em relação ao estatuto, eles dizem que é o lobby da bala e lobby da rendição formado por um pelotão de guerra implacável formado pelo Governo Federal, Rede Globo, Viva Rio (lembrando que esta ONG é filial da ONG britânica IANSA comandada por um especulador britânico George Soros e possui uma joint venture com a rede Globo), esta mesma, recebeu do governo britânico em 2002, R$ 1.065.140,96 e no total recebeu entre diversos colaboradores entre eles o governo brasileiro R$ 3.972.254,14. Se ela é uma organização sem fins lucrativos porque eles fundaram o Viva Rio Seguros e o Viva Rio Financeira?), entre outras ONGS da Paz, CNBB e inúmeros outros, ninguém analisa, comenta sobre enorme e poderoso lobby da rendição que até hoje dizem que é para o bem da nação, mas ninguém mostra seus verdadeiros interesses.

O Governo Federal gastará dos cofres públicos 200 milhões para a campanha de lavagem cerebral para a rendição total e a falência de nossas fábricas e lojas, mais o custo do referendo, sem contar as indenizações ridículas de R$ 100,00 que o governo paga para a entrega de armas (se o cidadão pagou R$ 1.700,00, mais taxas e irá receber R$ 100,00), porque todo este dinheiro não é gasto na segurança pública ao invés de torrar este dinheiro para fazer comícios, shows para completa alienação.

Temos-nos em torno de 8 milhões de armas legais numa população de 175 milhões, os Estado Unidos possuem mais de 100 milhões! De armas legais e a cada ano são registradas mais de 10 milhões! De armas legais, tudo isto numa população de 230 milhões de habitantes e a taxa de homicídios em Nova York a cidade mais violenta deles é de 5 a 6 habitantes a cada 100 mil e no Rio de Janeiro é de 60 a cada 100 mil. Como podem ver nosso número de armas legais X habitantes é insignificante perto dos Estados Unidos e o nosso número de homicídios é bárbaro perto do deles. Se o cidadão de bem e honesto, armado legalmente é a causa da violência então o número de homicídios nos Estados Unidos seria muito superior ao nosso e o que ocorre é justamente o contrário, se o cidadão com armas legais fosse um criminoso em potencial a vida nos Estados unidos seria um caos inimaginável.

Nem na época da Ditadura Militar tivemos o desarmamento civil sem contar que o criminoso era punido sem dó nem piedade e o cidadão era preservado, agora vivemos em uma falsa democracia, aonde se tira cada vez mais o direito constitucional do cidadão e impõem-se cada vez mais deveres. O cidadão é escravo do Governo, o sustenta pagando impostos extorsivos e não recebemos quase nada em troca, serviços públicos deficientes, ineficazes e precários e leis punitivas para nós, enquanto marginais e muitos políticos gozam de total impunidade.

Independente de partido político o discurso é o mesmo, que a desgraça social é fruto do desinteresse de governos anteriores. Diz-se que o cidadão não tem preparo para se defender, porque o governo não incentiva o cidadão que quiser possuir armas que faça um curso preparatório teórico, prático sobre defesa, segurança, manejo, conservação de armas. Isto foi feito pelo governo americano e é por isso que vemos uma população fortemente armada, porém pacífica, com pouquíssimos casos de homicídios, ferimentos e acidentes por armas de fogo causadas por cidadãos.

Diz-se que a arma serve para matar vidas, lembre-se que ela também serve para salvar vidas, entre um marginal estuprador, psicopata, homicida e latrocida e um cidadão honesto, trabalhador, que anda dentro da lei, pagador de imposto, se fosse escolher qual destes merecia a vida? O marginal? Se o marginal tem direito de defender a sua vida, porque nós cidadãos não podemos ter o mesmo direito?

Tudo ao nosso redor tem dupla finalidade, uma garrafa de álcool pode facilitar a vida na limpeza, mas pode se tornar uma arma, um carro pode proporcionar conforto e rapidez para conduzir pessoas, mas pode se tornar uma arma, uma garrafa de vidro pode servir muito mais que um vasilhame, quebre-a e verá que estrago ela pode fazer, um estilete, além de facilitar o corte de papel e embalagens, pode se tornar uma arma, uma faca pode servir para cortar um suculento bife, mas pode servir para degolar alguém.

Um exemplo nos atentados de 11 de Setembro, o que os terroristas usaram para praticar seus atos? Um mero estilete como arma para intimidar e um avião comercial carregado de pessoas e combustível para causar umas dos maiores atentados genocidas da história.
Visto tudo isto a aviação comercial deveria ser banida?, Os estiletes, garrafas de vidro, álcool, carros deveriam ser proibidos? O ser humano evoluído não pode ter nada ao seu redor, pois tudo pode se tornar numa arma letal, voltaríamos a época pré-histórica?

Sabe o que encabeça a lista de mortes no Brasil? Em primeiro lugar, disparado, acidentes de trânsito e em segundo lugar infartos, muito mais do que por armas de fogo, no primeiro caso seria considerar que o Brasileiro é um péssimo motorista, perigoso e imprudente e que tira milhares de vida por ano banalmente ao sair de um bar ou de uma briga com um vizinho, porque não se proíbe os carros? Afinal de contas o Brasileiro é um perigoso psicopata no volante. No segundo caso, vai acusar quem? O coração dos Brasileiros que é tão ruim, que só causa mortes. Muitos políticos sofrem de um mal irrecuperável, talvez demência, traumas na infância, ou o poder demasiado que corrompeu definitivamente a mente de muitos.

Lembre-se a Polícia não pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo, isto não acontece em nenhuma parte do mundo, nos Estados Unidos a Polícia demora em média 6 minutos para atender o chamado e aqui no Brasil quanto tempo demora? Em média 30 minutos, 2 horas, sei de casos que a Polícia demorou 6 horas e de casos que a Polícia não pode vir pois estava ocupada atendendo outro chamado ou estava sem viatura, quando a Polícia chega o que ela faz? Preencher o famoso BO, nada mais, isto é segurança pública eficaz?

Nos Estados Unidos, ao você ligar 911, você não precisa se identificar e ficar descrevendo passo a passo o que esta acontecendo, basta ligar e se você não falar nada ao telefone, a Polícia rastreia seu número e endereço e manda automaticamente uma viatura e uma ambulância. Aqui no Brasil você disca 190, tem que se identificar, dizer endereço, descrever passo a passo o que esta acontecendo e bla…bla…bla…bla, só falta dizer o nome dos pais, RG, CPF, Título de Eleitor e Cartão de Crédito, e você ouvirá o atendente dizer calma, paciência, estamos sem viatura, estamos atendendo outro chamado, aguarde por favor, não se desespere.

Talvez em breve a ligarmos para o 190, ouviremos uma músiquinha de espera, e uma mensagem eletrônica dizendo: Você ligou para 190, Polícia Militar, você é muito importante para nós, a Polícia terá um imenso prazer em atendê-lo, dentro de alguns instantes lhe atenderemos, todos nossos atendentes estão ocupados no momento, queira, por favor, aguardar ou ligue novamente mais tarde, nossa média de espera de atendimento para falar com nossos atendentes é de: 5 a 10 minutos, Calma, Paciência, seja Pacífico, a Polícia aconselha que não reaja e atenda todas as solicitações e exigências que o assaltante fizer. A Polícia aconselha em não se defender, pois a lei não permite a legítima defesa, a Polícia aconselha a tratar bem o assaltante se quiser ter mais chances de sobreviver. A Polícia repulsa toda e qualquer eliminação da vida, portanto não faça nada ao assaltante, a Polícia é a sua defesa, mas, por favor, compreenda e tenha paciência, pois estamos nos esforçando para melhor atendê-lo. Disque 1 para confirmar a ajuda, Disque 2 para preencher um BO ou Disque tecla sustenido para encerrar. Talvez você tenha de esperar calmamente a morte? Quem sabe?

Não podemos comparar Brasil e Estados Unidos, é claro, mas pode-se ter um parâmetro como funciona a segurança pública por lá, porque o Governo não se esforça para chegarmos a nível comparável a eles? Simples, o governo prefere gastar pouco, embolsar o dinheiro para o seu bel prazer e tentar enganar o povo com discursos populistas e demagógicos, pois se todos os problemas fossem resolvidos não teria nada o que prometer na próxima campanha.

Lembre-se a proposta é para desarmar o cidadão de bem e não o marginal, a proposta é proibir a venda legal de armas e munições e decretar a falência de nossas indústrias e não proibir a venda ilegal.

Seja qual for o discurso e sandices que o governo irá dizer na campanha da rendição e alienação, como o Brasileiro tem que ter a cultura da Paz, é para o bem da nação, é para evitar que o cidadão forneça armas e munições para os marginais (e os fuzis, metralhadoras das Forças Armadas e da Polícia, roubadas ou desviadas e o mercado negro de armas ilegais), é para acabar com a violência (a violência nunca acabará, apenas pode-se reduzir), não é com medidas ridículas, demagógicas que se resolve os problemas.

Seus discursos para atingir a rendição, só podem ter dois motivos: Ideologia Política e Pressão Internacional, para sermos totalmente dependentes de outros países de primeiro mundo.

Na suíça, por exemplo, é o País mais armado do mundo per capita, todo cidadão faz parte da defesa nacional do País e todo cidadão tem que possuir um Fuzil em casa, porém eles possuem a cultura da Paz e o índice de homicídios deles é zero. Até o Papa João Paulo II antes de entrar para a igreja, praticava tiro desportivo e segundo um amigo dele, ele era um excelente atirador, e no que Carol Wojtyla se tornou? Num Psicopata, Assassino? Só porque ele teve contato com armas, Não! Ele se tornou num dos maiores Papas que o mundo já viu. O Papa da Paz!

Esta é a idéia que este Governo nazista, as falsas ONGs da Paz, o ministro da injustiça e colaboradores querem cultivar na cabeça das pessoas que quem tem uma arma é um assassino!!!!!

Vejam que a cultura da Paz é mais uma balela e um discurso demagógico, politicamente correto do Ministro da Injustiça!

Não sejamos uns Teletubies (o mundo perfeito deles que alguns políticos pregam, nem existe!)

Quem tiver um pouco de bom senso e não tiver algum tipo de preconceito, ideologia, fanatismo e fundamentalismo comunista, pare, pense e reflita muito sobre o assunto.

Acordem Brasileiros dessa utopia, dessa hibernação eterna, Saiam deste Mundinho de Walt Disney!!!

Esta matéria, embora publicada na íntegra, não traduz necessariamente, a posição da Campanha Contra a Violência. Seu conteúdo é de inteira responsabilidade do autor.

Sobre o Autor



Comente

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Entendemos que a forma mais civilizada e simpática de combater a violência é promovendo a paz. Construir a paz é urgente e necessário. É missão de todos.
Acompanhe